Game of Thrones: o que há na Torre da Alegria? Por que ela pode ser importante?




Quem leu As Crônicas de Gelo e Fogo certamente pulou de alegria ao ver a Torre da Alegria (foi mal o trocadilho) no episódio 6×03 – “Oathbreaker” de Game of Trones. Essa história provavelmente irá revelar mistérios que os livros ainda não responderam.

Até Bran Stark (Isaac Hempstead Wright) ficou querendo saber o que estava acontecendo lá. A série ainda não havia sido explicita sobre a Torre da Alegria até agora. E infelizmente pouca coisa foi revelada.

Nós vimos uma das visões de Bran do passado, mas o Corvo de Três Olhos cortou; ele sempre para as visões de Bran quando ele está interessado no que está acontecendo. Bran pode ver uma versão mais jovem de seu pai, Ned, chegando com um bando de cavaleiros para lutar contra membros da guarda real Targaryen enquanto tentava resgatar sua irmã, Lyanna. Ela tinha sido raptada (ou fugiu com) Rhaegar Targaryen, que tinha acabado de morrer no momento do flashback.

A Torre da Alegria é um momento importante, porque revela algumas coisas-chave, incluindo o destino de Lyanna Stark e a promessa que Ned fez antes dela morrer. Fãs acham que essa promessa tem a ver com Jon Snow. Ou seja, ele é filho de Rhaegar e Lyanna e ela estava implorando ao irmão que protegesse seu filho.

Essa revelação, caso aconteça, será muito grande, irá mudar tudo para Jon Snow e introduzir um novo potencial candidato na luta pelo trono. No entanto, já que é um segredo tão grande para ser descoberto, a série está tentando estender a tensão por mais algumas semanas.

Bran estava tão desesperado quanto todos nós observando quem estava na Torre – presumivelmente Lyanna. Quem mais? Ele até chamou Ned, que pareceu ouvi-lo de alguma forma.

Bran ficou chateado quando a visão foi cotada pelo Corvo de Três Olhos. E nós também. Ele cortou a visão quando Ned começou a subir os degraus. A única pista que tem da Torre é um grito irregular que soava como uma voz de mulher. Lyanna estaria dando à luz Jon? Vamos aguardar mais algumas semanas…